Propaganda - The Single

by Eli Efi

/
  • Streaming + Download

     

1.
04:10
2.

credits

released July 3, 2009

tags

tags: hip hop Bronx

license

all rights reserved

about

Eli Efi Bronx, New York

contact / help

Contact Eli Efi

Streaming and
Download help

Track Name: Propaganda
Letra:

(2x)
Propaganda, arma do negócio
Cade tudo nosso?
Se o inimigo é nosso sócio
O que diria Zumbi se estivesse vivo
Pra todo nego que cresce doente e iludido

Sei não…sei não…mas dinheiro, mais problemas
Nessa arena, a nossa cara agora rouba a cena
Os bons exemplos tá difícil contar, o que que ha?
Até parece que foi sonho meu…vou pensar!
Sera que todo sofrimento ainda não valeu?
Tem outra cara em evidência e o que aconteceu?
Se isso chama referência, quero a moda antiga
Tempo bom…era feliz e não sabia
Na lama, a dignidade por grana
O topo, a fama…elite negra o nosso drama
Cresce doente, agora esconde a bolsa da gente
Só etiqueta, pose e merda na cabeça
Eu nao sabia, poder então resume nisso?
Panteras negras o que sera que pensaria disso?
De que adianta ter a cor se não é representa
Tô vendo nego até pro Bush pedindo a bença

(2x)
Propaganda, arma do negócio
Cadê tudo nosso?
Se o inimigo é nosso sócio
O que diria Malcolm X se estivesse vivo
Pra todo nego que cresce doente e iludido

Quem tem orgulho do que ve todo o dia
Na tv, bla..bla..
De 100% 90 é mentira
Mesmo jogo… que mata o povo… não é novo
Dessa cilada não da mesmo pra ser, orgulhoso
Leva o troco do estatus que deseja
Um contrato assinado e um papel de besta
De que adianta a consequencia, dinheiro atenta
Decepção na nossa vida é o que mais aumenta
….Jeito doente de ser em ascensão
A propaganda que mais crescer é a frustação
Nego! que a alma vende pra quem tem
A Barbie preta tambem faz menina de refem
Realidade camuflada
Onde mãe vira pai em todo extremo
De qualquer quebrada
Descontrolada elite negra, só presença
Que Luther king não teria mais paciencia

(2x)
Propaganda, arma do negócio
Cadê tudo nosso?
Se o inimigo é nosso sócio
O que diria Jovelina se estivesse viva
Pra todo nega que cresce doente e iludida

Sorriso negro, um abraço negro
Nego nego, qualquer lugar sera sempre negro
Se ta perdido é usado contra nós, tipo
Vira marionette o racista usa até a sua voz
Nossos motivos pra lutar ainda são os mesmos(racistas otários)
Não ha futuro se a gente persistir no erro
Auto-estima sem valor, imagem vazia
Se liga!, nem todo preto é vitíma
Verdade…te prefere ignorar se for possivel
Muda os traços pra não cagoetar, quem é
Donde vem e a familia que tem, só
Se for conveniente diz que é preto também
Eu duvido!
Caviar, comeu esquece todo sangue derramado por voce
Ninguem merece
Um novo dia amanhece, o que acontece
A violencia entre nós é manchete

(2x)
Caviar, quem come perde a linha
Conta estórinha e serve como comedinha
Da um tempo, olhe bem o que tem feito
O mundo inteiro tá de olho e que mais respeito

(Propaganda arma do negócio...... Arma do negócio...... Propaganda arma do negócio)